sábado, 29 de maio de 2010

Ando em busca,



Ela passava horas a se arrumar,para lhe encontrar!
Pensando que ele poderia estar em qualquer lugar,então resolver procura-lo em todos
os lugares.Estava determinada a encontra-lo a qualquer custo.
Por muitas vezes pensou que havia lhe encontrado,mas sempre se
dava conta que havia se enganado.
Lugares escuros e vazios ela passou,para encontra-lo,e mesmo
sofrendo ela persistia.
Era seu maior sonho e desejo,como ela poderia desistir?(pensava ela.)
Não buscava estabilidade financeira,nem dinheiro,e nem tão pouco beleza.
Mas desde menininha ela ouvia falar que a verdadeira felicidade ela só
iria possuir quando lhe encontrasse.
Meu querer vai muito além do da maioria das pessoas,
eu só procuro a paz que vivi com a felicidade.(questionava ela.)
Seu avô dizia para ter paciência,porque quando ela mesmo esperasse ela o encontraria.
Mas paciência era algo que ela não conhecia.
E sua busca prosseguia,sem medo ela ia.
Muito tempo se passou,e o cansaso já havia chegado,e ela ainda não havia o encontrado.
Foi então que a dúvida e a fraqueza entraram.
Disse para si mesma,que não iria mais atrás dele,porque suas esperanças haviam acabado.
Ela havia procurado em cada canto,de baixo de cada pedra,atrás de cada pessoa,
e nada havia encontrado,a não ser algumas falsas promessas e mentiras.
Aquela doce menina tinha acabado de descobrir que o mundo não era como imaginará,
e se perguntava se ele realmente existia,pois suas certezas haviam acabado depois de tantas descobertas.
Resolveu se trancar dentro de si mesma,e esperar.
Esperar que ele a encontrasse ou ao menos esperar pela paz.
Foi nesse instante que ela deixou de acreditar na existência do amor.


Continua....

2 comentários:

Julia Melo disse...

kkkk eu me arrumo pensando que posso encontrar o garoto amado em qualquer lugar kkk tá lindo viu ? continua mesmo. beijos

Poly disse...

Obrigada,florzinha!!
bjs